Tango na Rua

0
331

Tango na Rua chega ao Paseo Bazaar em Porto Alegre

Neste sábado,  o Paseo Bazaar recebe o Tango na Rua, uma intervenção urbana que tem por objetivo popularizar essa cultura ocupando os espaços públicos  e levando a dança de salão para a contemporaneidade das ruas . Os especialistas dizem que o tango nasceu nos prostíbulos de Buenos Aires, no final do século XIX. Aos poucos, alcançou sua popularidade com as primeiras letras do cantor Carlos Gardel até ganhar espaço em salões de festas e nas ruas, onde ocorrem as tradicionais milongas. O ritmo de nossos hermanos já tem atraído alguns adeptos no Brasil. É o caso da ação itinerante “Tango na Rua”,que chega ao Paseo Bazaar, no dia 17 de outubro das 15 às 18 horas.

 

O Paseo Bazaar  é um novo conceito de bazar de rua, onde se pode encontrar lindos produtos de artesanato, moda , decoração, gastronomia e brechó e acontece todos os sábados na Passagem de Pedestre Lanceiros Negros, conexão das ruas Cel. Bordini e Mata Bacelar – no coração do bairro Auxiliadora. Porto Alegre /RS

 

Inspirada nas milongas que já ocorrem em grandes cidades, como Lisboa, Londres, Nova York, além de Buenos Aires, a ideia é que as pessoas possam arriscar descontraidamente os passos da dança. O projeto idealizado pelo advogado Jairo Braz de Souza acontece desde 2009 na cidade de São Paulo e a partir de 2012 em várias capitais do Brasil.

10610865_10201535780476815_7614066658171353255_n

 

Uma intervenção urbana quer ressignificar os espaços das cidades, trazendo a comunidade que dança tango para rua e favorecer  o estreitamento destas pessoas com o projeto e com a própria cidade.

O tango tem como estrutura essencial o abraço, o contato, o estar juntos envolvidos pela trama musical, o estudo de seu dançar parte dos movimentos mais habituais como o caminhar. Tango é um caminhar a dois.

 

Se interessou ? Então não perca: neste sábado das 15 horas às 18 horas,no Paseo Bazaar

 

O QUE: TANGO NA RUA NO PASEO BAZAAR

ONDE : Passagem de Pedestres Lanceiros Negros – Cel.Bordini conexão Mata Bacelar – Bairro Auxiliadora – POA /RS

QUANTO :Entrada Livre

SHARE
Previous articleRestaurante Amêndoa
Next articlePerdido em Marte
Miréia Borges estuda e compartilha o comportamento feminino das mulheres depois dos 50 anos. É pedagoga empresarial, especialista em administração e, aos 57 anos, dedica-se ao canal digital Conversando com Miréia. Empreendeu o canal por sentir falta de comunicação e percepção por parte das empresas e da sociedade em relação as mulheres de sua faixa etária. Miréia é blogueira da Zero Hora, um dos principais jornais do Sul do Brasil, com circulação no RS e SC, além de produzir semanalmente o encarte do cadernos bairros – ZH Moinhos além de ser colunista free da Revista Bendita. Gosta de fotografar e ser fotografada. É ativa, curiosa e sempre busca mais para se aperfeiçoar no mundo tecnológico. Adora estar com jovens, por se sentir sempre aprendendo com eles e ser contagiada pela ousadia e bravura inerente a juventude.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here