Floristas do Moinhos o que aconteceu

8688

Depois de eu ter escrito o primeiro post sobre as nossas queridas Floristas do Moinhos, pedindo que toda a comunidade se mobilizasse para conseguirmos uma “banca” fechada para elas terem mais conforto no verão , no inverno e principalmente nos dias de chuva,tivemos 7 mil visualizações no post e vários compartilhamentos.

Elas receberam muitas ofertas de comerciantes querendo comprar a “banca”, porém, a síndica do prédio onde elas ficam não autoriza colocar a “banca” ali.

Pedi para elas conversarem com a gerente do Itaú – banco ao lado, (ainda não falaram),mas teremos que arranjar alguma alma sem muitos orgulhos, o que não é fácil, para deixar colocar a famosa “banca” como essas revisteiras que temos pelas calçadas.

Se puderem ajudar e compartilhar mais um pouquinho para ajudar a Bernadete e a Rita, seria algo maravilhoso para o sustento delas.

Sei que temos muitas ofertas de ajuda e espero que se concretizem, mas agora, o próximo passo, será colocá-las em alguma parte da calçada de nosso bairro.

Posso contar com vocês queridos da comunidade do Moinhos de Vento?

Comentários
COMPARTILHAR
Artigo anteriorEle embarcou no trenó
Próximo artigoCafé na Calçada
Miréia Borges estuda e compartilha o comportamento feminino das mulheres depois dos 50 anos. É pedagoga empresarial, especialista em administração e, aos 57 anos, dedica-se ao canal digital Conversando com Miréia. Empreendeu o canal por sentir falta de comunicação e percepção por parte das empresas e da sociedade em relação as mulheres de sua faixa etária. Miréia é blogueira da Zero Hora, um dos principais jornais do Sul do Brasil, com circulação no RS e SC, além de produzir semanalmente o encarte do cadernos bairros – ZH Moinhos além de ser colunista free da Revista Bendita. Gosta de fotografar e ser fotografada. É ativa, curiosa e sempre busca mais para se aperfeiçoar no mundo tecnológico. Adora estar com jovens, por se sentir sempre aprendendo com eles e ser contagiada pela ousadia e bravura inerente a juventude.